Folha de Exuespaçador

Informação com credibilidade

espaçador
espaçador
espaçador
Ouça a a Rádio da Folha de Exu   Ouça a a Rádio da Folha de Exu  
Fisimagem
Prefeitura de Exu

Mural de Recados

Enviar Mensagem
De: 1acuCVLiLIatjh
Para: 1acusm9VbYiqwK
1acuD51OIpvv9z
Em 22 de setembro de 2013 às 17h17min
O Homem que não sai de cena

Autor: Antonio Givaldo T. dos Santos (Falcão)

Se você deixar de lê
Esse importante cordel
Vai perder algo fantástico
Muito mais doce que mel
Muitíssimo arrependido
Por não fazer seu papel

Não conhecerá o homem
Mais esplendido que existe
Que levantava os ânimos
Do desconsolado e triste
Quem conhece sua história
Tudo enfrenta e resiste

No palco da existência
É o maior artista
Sem mascara ou fingimento
É sempre protagonista
O mais fiel e leal
Mais sábio e otimista

Você só tem a ganhar
Com essa incrível história
Leia com muita atenção
E guarde em sua memória
Você será transformada
Vivendo essa trajetória

A mais de dois mil anos
Nascia um belo menino
Para revolucionar
Com seu saber e ensino
Mudou o curso da história
A marcha, o giro e o destino

Desde muito pequenino
Sofria perseguição
Mas sempre encontrou saída
O meio e a solução
Nunca usou de violência
Tinha amor no coração

Falava que o perdão
É uma coisa tão boa
Que o gesto de perdoar
Não é uma ação à toa
É bom para o perdoado
Melhor para quem perdoa




Impressionou cada sábio
Que no seu tempo havia
Com poucos anos de idade
A todos surpreendia
Dava interpretação
Mais ninguém lhe conhecia

O menino foi crescendo
Cheio de glória e poder
Deixando o povo intrigado
Com sua forma de ser
Se tornou um moço sábio
Que ensinava viver

Ajudava seus pais
Com ternura e obediência
Ninguém sabia porque
Tinha tanta inteligência
Não havia outro igual
Em toda existência

Ao se tornar adulto
Ficou mais pregador
O mais puro e mais sábio
Mais improvisador
Mas tudo que ele falava
Era em função do amor

Seu palco eram raízes
E o teto a folhagem
Não almejava destaque
Com sua fibra e coragem
Só queria revelar
Sua sincera mensagem

Elementos ilustrativos
Extraía da natureza
Os fenômenos naturais
Semente, chuva e pureza
Pássaro, ovelha e figueira
O rio e a correnteza

Resolvia a demanda
Com paciência e amor
Falava a mesma linguagem
Do rico e do pescador
Do culto e do inculto
Do pobre e do doutor

Conhecia a dor da alma
O solo do coração
Abraçava todo mundo
Sem discriminação
Todo mundo é pecador
E carece de perdão


Estava sempre em cena
Com seu jeito de atuar
Fazia o cego ver
E o aleijado andar
Tocava em pães e peixes
Para se multiplicar

Quando estava a pregar
Contava uma bela história
A multidão se encantava
Com sua bela memória
Quem seguisse seus conselhos
Teria vida e vitória

Falava manso e suave
E tinha tão meigo olhar
Falava pra multidão
Como é importante amar
Vingança gera vingança
Não justifica matar

Falava com o coração
E sua forma de ser
Para quem não se omitisse
Ele ensinava viver
Só dois caminhos existem
Tem que saber escolher

Os reis da sua época
Não aceitaram a mensagem
Perseguiram o rapaz
Com atitude selvagem
Mais o jovem não temeu
Com muita fibra e coragem

Para o sonho não morrer
Formou uma bela empresa
Composta por doze homens
Da pobreza e da riqueza
Preparou cada um deles
Com muito amor e firmeza

Esses homens levariam
A doce e forte mensagem
Como pombos correios
Numa fantástica viagem
Entre os doze um traidor
Não tinha a mesma coragem

Preparou cada um deles
E ficou conformado
Mas sabia que havia
Um discípulo inconformado
O qual iria traí-lo
Por um dinheiro trocado


Aquele sábio pregava
Para sábios e ateus
– Meu Pai mora lá no céu
E o nome dele é Deus
Aquilo muito irritava
Os adversários seus

Pregava pra multidão
Com fibra e alta voz
– Sou filho do Deus altíssimo
Mas vim para o mundo atroz
O verbo se fez carne
E habitou entre nós

Falava eu participei
Da criação do universo
Pregava com segurança
Narrando verso por verso
Mexia na posição
De quem queria o inverso

Para um tribunal ilegal
Levaram um bom rapaz
Forjaram acusações
Com táticas desleais
Sem saber que se tratava
Do único príncipe da paz

Ou ele ou o ladrão
Para o povão escolher
Escolheram o bandido
Ele deveria morrer
Nem sempre está com a razão
O povão e seu querer

A maioria até hoje
Vive a pior cegueira
Mesmo sabendo a verdade
Não muda sua maneira
Mas lembre-se povão
Que a vida é passageira

Vaidade é vaidade
Nenhum valor ela traz
Como correr atrás do vento
Desilusão e nada mais
Tem pessoa abastada
Que não consegue ter paz

Pegaram o pregador
E pregaram numa cruz
Puseram entre dois ladrões
Aquele homem de luz
Que morreu agonizando
Seu nome é Cristo Jesus


Mataram o jovem sábio
Para lhe silenciar
Trancaram em uma tumba
Para não mais voltar
Mas ao terceiro dia
Ressuscitou, vivo está

A tumba estava vazia
O sábio ressuscitou
Venceu o rigor da morte
Ele não silenciou
A história se cumpriu
Do jeito que ele falou

Ela é triste e poderosa
É impiedosa e forte
Até a própria ciência
Teme a bravura da morte
Só Jesus soube vencê-la
Com o seu divino porte

Quando alguém está aflito
Não chama por outro não
Não grito por Maomé
Por Buda em aflição
Clama o nome de Deus
Que sempre está em ação

Ele não saiu de cena
A morte não lhe ofuscou
Porque ao terceiro dia
Da tumba se libertou
Não conseguiram provar
Que ele não ressuscitou

Por amor a todos nós
Tudo ele suportou
Até o peso da cruz
Ele não reclamou
Para nossa salvação
Sangue ele derramou

Ele é filho de Deus
Legítimo príncipe da paz
Mas passava noites orando
Para enfrentar satanás
Deixando o belo exemplo
Com oração é capaz

Tantos artistas brilharam
Mas não podem mais brilhar
São relíquias de museu
Sua forma de atuar
Nosso Jesus é eterno
Seu show não pode parar


Quer se dá bem na vida
Siga esse cidadão
Que deixou o manual
Ao alcance da nação
É o livro mais completo
Não tenha duvidas irmão

A bíblia é o manual
Do funcionamento humano
Ensina como viver
Sem loucura e sem engano
Ela foi feita para todos
Esse foi o santo plano

Você tem que admitir
Que ela fala de tudo
Todo mundo tem acesso
Ao seu rico conteúdo
Seu estudo terapêutico
Não é nenhum absurdo

Jesus não está na cruz
Pela morte derrotado
Ele já ressuscitou
Está vivo e coroado
Cristo está glorioso
Como um céu estrelado

Ele não tinha dinheiro
Para empreendedorismo
Nem tinha universidade
Ou um tal de racionalismo
Nem alta posição
Ou seqüência de ismos

Siga o Cristo ressurreto
Com todo seu coração
Só ele é o caminho
A vida e a razão
A verdade que transforma
O amor e a solução

Você que tanto sofreu
Carregando sua cruz
Você que vive sofrendo
Sem esperança e sem luz
Você só tem a ganhar
Dê uma chance a Jesus

Nenhum problema é maior
Que o nosso redentor
Vá a ele como está
Você tem muito valor
Você nasceu pra brilhar
Ao lado do salvador


No tempo em que Jesus cristo
Andava sobre esse chão
Não deixava que a malicia
Entrasse em seu coração
Por isso que resistiu
A cada uma tentação

O que faremos por ele
Por nós morreu numa cruz
Sofreu em nosso lugar
Aquele homem de luz
E você o que fará
Pelo o nosso rei Jesus?

O mundo esta tenebroso
Horrendo e assustador
Acorde amigo,acorde
Desse sono enganador
O povo esta depressivo
Jesus é o único doutor.

Estarei sempre convosco
Um dia irei voltar
Você agora o conhece
Não promete pra faltar
Como ele mesmo já disse
Vou preparar vos lugar.


Obrigado meus amigos
Por lerem essa história
Escrever sobre Jesus
É sempre uma grande glória
Obrigado Pai eterno
Pelo talento e memória

Fim

Estudo bíblico
Em nenhum outro há salvação. Atos 4:12.
Vinde a mim todos que estais cansados
E sobrecarregados e eu vos aliviarei. Mateus 11:28.
Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo
Inteiro e perder a sua alma. Mateus 16:26
Entrega teu caminho ao senhor confia nele e o mais ele fará. Salmos 37:5.
E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. João 8:32.

Antonio givaldo taveira dos santos
Nasceu no sitio lagoa do meio exu-pe
A 21/04/1969
Filho de José Antonio taveira e Maria valnice taveira dos santos.
Falcão como é conhecido é autor de grandes obras editadas, que soma oito cordéis e três livros,destaque para o livro, poemas abrangentes. Editado pela a editora universitária UFPE.
Contatos: av. Edmundo Dantas N. 491 CEP 5623-000
Email: givaldotaveira10@gmail.com
Celular: 87 9616-3990 Exu- PE
Em 20 de fevereiro de 2013 às 11h43min
A maneira brasileira de se trabalhar a política concentra muitos poderes nas mãos do Poder Executivo, que por meio de seus administradores, podem cometer vários abusos. O abuso de poder, apesar de ser tolerado, é enquadrado no nosso Direito como Improbidade Administrativa, com graves consequências para os gestores que delas fazem uso, que vão desde perda dos direitos políticos, até boas indenizações, com consequente nulidade do ato. Você é mais livre do que pensa. Não estamos na China!
Quem é servidor público, professor, profissional da saúde, ligado por meio de concurso público à administração pública, muitas vezes se sente receoso em demonstrar suas opiniões, por medo de ser perseguido. A mais covarde das formas, se traduz na Remoção: Transferência da localidade de trabalho do funcionário, para outra de difícil acesso, ou que fique distante de sua residência. O que, no entanto, esses trabalhadores não sabem é que existem meios para impedir que isso aconteça, e inclusive punir o gestor que faz isso. Os mais famosos meios judiciais são a Ação Civil Pública e o Mandado de Segurança. Em ambos, o próprio Ministério Público, na figura do promotor local, pode impetrar a ação gratuitamente. Mas acredite, esse trabalho só será feito se denunciado, pois “O Direito não socorre a quem dorme”.
É incrível imaginar como muitos administradores do Brasil afora despendem esforços para prejudicar os que não estão de acordo com suas práticas, mesmo sabendo que isso pode ser uma prática suicida. Talvez por contar com a inércia daqueles que baixam suas cabeças e não lutam por seus direitos.
Há uma aparente ilusão de poderes absolutos dos administradores nos seus atos. Mas não é bem assim. Devemos ter em mente que:
• Todos os atos da administração são passíveis de nulidade pelo judiciário;
• Todos os atos da administração precisam ser motivados.
Isso significa que mesmo nos atos discricionários, isto é, naqueles que a administração tem maior liberdade para praticá-los ou não, precisa-se de uma motivação.
Motivação não é só dar uma desculpa para praticar determinada ação: Precisa ser algo indispensável, que o bem comum e o interesse coletivo estejam realmente necessitando. Não é uma mera vontade de quem governa.
Além disso, quem governa, governa para o povo, e não sobre o povo.
Todos atos da administração devem ser orientados pelos princípios:
• Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade, Eficiência
Em nenhum lugar, seja da doutrina ou da lei, o Direito diz que os atos da administração são pautados pela simples vontade do gestor (até por que isso seria imoral e pessoal, ou seja, um atentado a dois dos princípios listados).
Não precisa ser advogado para entender isso. Se o servidor percebe que a administração não deu um motivo concreto para realizar o ato e que administração agiu com a intenção de prejudicá-lo, por meio de uma desculpa esfarrapada, ele DEVE DENUNCIAR. Está colaborando para um mundo mais limpo e mais justo.
A administração pública não é um jogo de xadrez, para ficar colocando e tirando peças das casas ao seu bel prazer. Que o diga a servidora M.R.A.T, servidora da prefeitura municipal de Iguatu, que gerou graves problemas para o prefeito Agenor Gomes de Araújo Neto, que havia sido transferida para um local que distava 6 km da localidade que já trabalhava em 2010. Os casos só crescem e as consequências são graves para os gestores, como a prefeita (nome protegido por sigilo judicial) de determinada cidade do Estado de Tocatins, que em 2005, teve de indenizar servidora no valor de R$ 60.000,00, além de ter perdido os direitos políticos por três anos.
A finalidade do ato administrativo não deve ter o caráter de punir, principalmente por questões eleitoreiras. O gestor que pratica esses atos, incorre em Improbidade Administrativa, por Desvio de Finalidade e Abuso de Poder e pode se dar mal.
Além de recorrer ao Mandado de Segurança ou Ação Civil Pública, o servidor pode entrar com um Pedido de Liminar, para que não seja atingido pelos efeitos do ato ilegal enquanto durar o desenrolar do processo.
Não se deve brincar com o Poder, ele foi consagrado pela nação, com o único objetivo de promover o bem coletivo e não as vaidades e intrigas pessoais. O verdadeiro Poder emana do povo e o povo quando quer, pode dar uma boa dor de cabeça. E de bolso também.

Por Mikahel Fernandes

Em 20 de fevereiro de 2013 às 00h36min
De: Erica Alencar
Para: TODOS
ATENÇÃO !!!
Estamos abrindo em Exu uma turma do Curso Técnico em Enfermagem, as pessoas que se interessarem o Curso será em 2 anos com mensalidade de R$ 190,00 e taxa de inscrição de R$ 30,00, interessados podem me ligar pelo telefone (87) 9602 - 0755 ou mandar um recadinho aqui no facebook. É uma oportunidade de se profissionalizar sem precisar se deslocar para outra cidade, pois o curso será aqui em Exu.
Em 06 de fevereiro de 2013 às 13h58min
De: Mathues Sampaio
Para: Prefeitura de Exu
Bom Dia gostaria de saber se alguem sabe informar sobre as convocação do concurso publico da prefeitura,...
Em 09 de janeiro de 2013 às 10h33min
De: Cicera Mary
Para: Todos
'ALUGO UMA CASA MOBILIADA EM EXU PE POR UM PERIODO DE ATE 8 DIAS, NO MÊS DE DEZEMBRO(CENTENARIO DO REI DO BAIÃO ) TRATA-SE DE UMA CASA GRANDE, COM GARAGEM-SALA, MAIS UMA SALA 2 QUARTOS, COZINHA, BANHEIRO E ALPENDRE. TODA FORRADA E COM PISO CERÂMICA CONTENDO AINDA TV A CABO E INTERNET. VALE A PENAS RESSALTAR KI ESSA CASA SE LOCALIZA N RUA APRIGIO LOPES A APENAS 350 METROS DO MUSEU DO GONZAGÃO, SENDO ASSIM UM PONTRO ESTRATÉGICO PARA AS FESTIVIDADES DO CENTENARIO DO REI DO BAIÃO. PREÇO A COMBINAR INTERESSADOS ENTRAR EM CONTATOS NO EMAIL cicerasantos61@yahoo.com.br OU PELO O TELEFONE 87 99655965 FALAR COM ROGERIO OU CICERA MARY''
Em 22 de novembro de 2012 às 19h44min
De: Isabelle Carneiro
Para: Todos
Boa tarde, pessoal. Alguém sabe a programação do Centenário de Gonzagão aí em Exu!? É uma pena eu só ter descoberto esse site agora. Não sabia que tinha tanta casa pra alugar por aí nessa época. Ficarei em Juazeiro do Norte. :(
Em 21 de novembro de 2012 às 18h24min
De: Geneilson
Para: Turistas
Alugo Uma Casa para o centenário De Luiz Gonzaga.
A Mesma está Localizada no Centro DA Cidade Próximo ao Banco Do Brasil e nas suas Proximidades Farmácia,Pardaria,Mercantil. A Mesma Com 3 Quartos Salas,Cozinha,Banheiro,Garagem. Os Interessados entrar em contato pelo fone (87) 9646-0142..
Em 21 de novembro de 2012 às 14h18min
De: leandro tomas
Para: turistas
ALUGA-SE UMA CASA(PRIMEIRO ANDAR) BEM AREJADA, CASA NOVA ,MOBILHADA(TV,GELADEIRA,SOFÁ,ETC) INTERNET
DOIS QUARTO,SALA, COZINHA COMPLETA FOGÃO 6 BOCAS ETC.COM ÁREA COM ARMADORES PRA REDE .
BANHEIRO GRANDE MUITA AGUA, LOCALIZA-SE NA CASA POPULARES RUA 02 COM VISTA DIRETO PRA O PARQUE ASA BRANCA!! VALOR:2.000.00
CONTATO:(87)96008820 OU (87)91209564
Em 20 de novembro de 2012 às 12h51min
De: Geneilson
Para: Festa De Luiz Gonzaga
Alugo Uma Casa para o centenário De Luiz Gonzaga.
A Mesma está Localizada no Centro DA Cidade Próximo ao Banco Do Brasil e nas suas Proximidades Farmácia,Pardaria,Mercantil. A Mesma Com 3 Quartos Salas,Cozinha,Banheiro,Garagem. Os Interessados entrar em contato pelo fone (87) 9646-0142
Em 17 de novembro de 2012 às 14h24min
Blog da Folha de Exu
Editor: Demóstenes Saraiva Lucas - Telefone: 87-9941-7907 - E-mail: folhadeexu@hotmail.com
[ WAI AAA ] [ XHTML 1.0 ] [ CSS ] [ Acessibilidade Brasil ] [ Section 508 ]
Desenvolvido por PY Soluções WEB